Queda no alcance orgânico do Facebook: o que a sua empresa perde com isso

by

O Facebook anunciou recentemente mais uma modificação em sua plataforma e a notícia foi amplamente compartilhada, já que o assunto é o alcance orgânico. O fato é que as alterações interferem diretamente na forma como as marcas utilizam a criação de conteúdo para conversar com o seu público na rede.

Por essa razão, resolvemos esclarecer os principais pontos que envolvem as atualizações de uma das redes sociais mais utilizadas no Brasil. Já são mais de 100 milhões de brasileiros conectados por mês e cada vez mais as empresas trabalham para gerar negócios com o Facebook.

Mas afinal, o que é esse tal de alcance orgânico?

Sempre que uma publicação é feita pelo seu negócio, algumas pessoas (poucas) visualizam esse conteúdo sem que você precise investir em anúncios. Contudo, sabemos que já tem algum tempo que a rede vem atualizando o seu algoritmo e menos de 2% das pessoas da sua base de fãs visualiza de fato os seus posts.

Assim, o alcance orgânico corresponde ao número total de pessoas que realmente viram a sua postagem de forma gratuita. O Facebook analisa por meio do seu algoritmo uma série de interações que os consumidores têm com as atualizações para então, exibir os conteúdos de maior interesse no feed de notícias de cada um.

A questão é que já em 2017 a rede anunciava mudanças nesses códigos que favorecem cada vez mais a exibição de publicações de familiares e amigos. Com isso, o conteúdo divulgado pelas páginas perdeu drasticamente o seu impacto.

Agora em 2018 o Facebook defende que essa atualização não modifica a forma como as postagens são veiculadas ou quem visualiza e se envolve com elas. É uma mudança na maneira como eles mensuram o alcance orgânico e um exemplo disso é que antes, mesmo que uma pessoa passasse rapidamente pelo post de uma empresa sem prestar atenção, isso era considerado uma visualização.

A ideia é que o algoritmo do Facebook fique cada vez mais criterioso para entender o que realmente faz sentido para o usuário e, consequentemente, manter o seu feed sempre atrativo.

E o que muda para as empresas?

De fato o investimento em anúncios é obrigatório para que o conteúdo de uma marca seja distribuído para a sua persona. No entanto, é preciso que as empresas concentrem os seus esforços em conhecer profundamente o seu público para criar publicações que realmente captem o interesse das pessoas.

Mesmo assim, chamar a atenção das pessoas dentro do Facebook é muito difícil, mas existem alguns caminhos que também podem facilitar o aumento do alcance orgânico. Nós vamos compartilhar três estratégias valiosas a seguir.

Os grupos ainda podem trazer resultados incríveis

De acordo com o pronunciamento da rede, o conteúdo divulgado pelos grupos pode inspirar muito diálogo. Dessa forma, essas comunidades ainda podem ser uma excelente maneira de alcançar o seu público.

Um exemplo disso pode ser responder algumas dúvidas dos membros dessas comunidades e, assim, demonstrar a expertise do seu negócio. Mas lembre-se, nada de comentários “jabá” que possuem o único objetivo de promover a sua empresa. A intenção aqui é ajudar a sua persona e, com isso, atrair maior visibilidade para a sua página.

O público é quem decide

O maior equívoco cometido pelas empresas é achar que apenas o que elas acham interessante deve ser publicado. O centro da estratégia de conteúdo não é o que a marca quer, mas sim o que a persona considera útil.

Por isso muitas páginas não alcançam a sua audiência nem mesmo com o investimento em anúncios. O conteúdo precisa ser atrativo para o público e não para os gestores da empresa. Caso contrário, as marcas continuarão perdendo alcance, dinheiro e muito tempo com tentativas em vão.

Teste, teste e teste

Embora muitos empreendedores imaginem que existe uma fórmula de sucesso no marketing digital que serve para qualquer negócio, isso não é verdade. É necessário testar cada estratégia e dentro do Facebook não é diferente.

Desde publicar em horários diferentes, variar o tipo de imagens utilizadas nos posts ou até mesmo, selecionar outros filtros na segmentação dos anúncios. Tudo é muito válido para encontrar os melhores resultados!

Somente através dos testes será possível descobrir o que traz mais retorno para o seu negócio. Por esse motivo é que várias empresas desistem da rede, como na primeira tentativa não alcançam resultados instantâneos, as pessoas acham que a ferramenta não funciona e ficam descrentes com o Facebook. Tudo bem se você chegar a essa conclusão, mas antes, teste tudo!

Apontamos neste texto as principais mudanças no alcance orgânico do Facebook e algumas dicas para aumentar a visibilidade do seu conteúdo. Entretanto, é importante destacar que diversificar os investimentos no ambiente digital é o melhor caminho para obter resultados expressivos.

Portanto, investir apenas no Facebook é um tiro no pé da sua marca, pois a audiência não pertence a sua empresa. A qualquer momento, a plataforma pode mudar novamente as suas regras e o seu negócio terá consequências terríveis, se apostar todos os seus recursos em um só lugar.

Quer entender melhor como distribuir o investimento da sua empresa no ambiente digital? Converse com a Vetta!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *