Marca pessoal

Hoje, pensar em marca pessoal vai muito além da preocupação sobre a roupa que você veste ou a forma com que você se comunica/fala. Marca tem a ver também com o seu posicionamento na internet e estar realmente presente nas redes sociais e de forma estratégica se tornou não mais uma questão opcional, mas sim de sobrevivência.


Marca é aquilo que falam sobre você quando você não está presente e pode ser que, independente da sua vontade, os outros (mercado, público e clientes) já estejam formando uma opinião a seu respeito nesse instante. ⠀

⠀⠀⠀⠀⠀

Há alguns meses, iniciei a leitura de um livro que mudou a forma como me vejo como profissional. O autor sugere que, ao passarmos a nos ver como marca, passamos a nos enxergar como uma iniciativa em um mercado competitivo.


Conectar com a sua audiência exige autenticidade. A autenticidade vem da sua essência e isso está sendo refletido sobre o que você compartilha na internet. Isso não significa que a espontaneidade das postagens deve ser perdida quando se tem uma estratégia. Pelo contrário, que mesmo do post mais espontâneo ao mais elaborado você possa pensar que ali estão os seus interesses e valores e é exatamente isso que conecta você e sua marca à sua verdadeira audiência.


E qual a importância de tudo isso? Enxergar-se como marca nos permite, na velocidade em que vivemos, passar uma proposta consistente e verdadeira para alcançar alguma posição neste novo cenário. ⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀

E você, já refletiu sobre sua marca pessoal?


Por Bruna Lopes

AGÊNCIA VETTA

BELO HORIZONTE . MG . BRASIL

  • Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Facebook
  • YouTube